ferbass

Quando bate aquele cansaço

Hoje em dia é cada vez mais comum a gente ouvir falar de burnout, crises de ansiedade, Fear of missing out (FOMO) entre outras coisas. Para quem é da area de TI já conheceu alguém que "surtou" e teve alguma dessas crises, não estou dizendo que elas existem só em TI, muito pelo contrario, eleas existem em tantos ambientes, até mesmo entre estudantes.

Pois bem, eu sou um especialista em p**** nenhuma, mas já tive muitos amigos e também já estive nessa situação algumas vezes, você não quer nem levantar para trabalhar, não que fazer nada, parece que seu esforço não está te levando a nada ou as vezes não está mesmo e cada vez mais parece que você está sendo cobrado além do seu limite.

Hoje em dia o volume de informação gerada é muito grande e fazemos de tudo para estar antenado em tudo do que acontece, seja noticias, MESES, a última serie do seu serviço de Streaming favorito, aquele exclusivo de PS4 que está todo mundo jogando. A questão é não é fácil, nos seres humanos temos um limite de informações que conseguimos consumir e processar em nossos cérebros, agora imagine todo esse volume de informações mais suas responsabilidades e cobranças do dia a dia.

A tempos tenho conversado com um grupo de amigos sobre nossa profissão, e o que sempre vem a "mesa" é que nenhum de nós está afim de continuar trabalhando no ritmo que trabalhos hoje em dia, é cansativo, é estressante. Nossa vida é feito de momentos, talvez daqui alguns anos ao invés de tomar o rumo que sempre falamos talvez mudemos de ideia, talvez seja apenas mais um momento de estress que estamos querendo "extravasar" e procurar uma saída.

Eu já fui um cara que está sempre ali, na frente dos eventos, partipando de comunidades, correndo para lá e para cá, tentando aprender e explorar tudo que via de novo, aquele framework e linguagem da moda, mas vou passando um tempo tudo aqulo começou ficar "estressante" parecia não ser mais recompensador, e as vezes eu me via na obrigação de ter que aprender/criar algo para poder não perder o ritmo, para estár sempre ali. Passou um tempo fui me afastando de grupos e comunidades, sendo cada vez menos ativo como colaborador e até mesmo como membro na verdade. Fui parando de postar no blog, comecei deixar o Twitter de lado e vou falar uma coisa, ISSO FOI MUITO BOM.

Eu tenho boas memórias desses tempo, eventos que participei, palestrei e ajudei organizar, conheci muita gente, me abriu muitas portas, mas eu estava sentindo um forte pressão que eu precisava estar sendo produtivo 100% do tempo e isso é impossível, todos nos temos nossa vida pessoal e chegava um hora que tudo isso chegava a influenciar dentro das decisões na nossa vida. Parece brincadeira mas já aconteceu comigo e com outras pessoas que conheço, termos que tomar decisão do tipo "Tenho um compromisso com a família mas nesse dia tenho um evento.... vou no evento".

Isso também acaba acontecendo com o trabalho, tem momentos que nós nos entregamos tanto ao nosso trabalho, queremos mudar o mundo dar o sangue, agarrar todas as oportunidades, resolver problemas que não estão dentro do seu escopo de trabalho e isso vai gerando um vicio que acaba virando estress em certo momento e isso é muito ruim, você não tem mas hora para começar trabalhar e também não tem hora para acabar, você cria aquela ilusão que você está fazendo seu horário, está sendo livre mas no fundo você sabe que não está.

Entendo que a momentos na vida que "somos jovens, cheios de sonho e queremos mudar o mundo", mas tudo vem um limite, tudo tem que ter um balanço. Não estou dizendo aqui sobre trabalhar e ser recompensado financeiramente por isso, não é esse o ponto, o ponto é que as vezes precisamos sentar, respirar e fazer tudo com calma, e é isso que tenho feito faz um tempo.

A muito tempo larguei esse ritmo frenético que eu tinha antes, totalmente slow down, faço o meu e vou dormir com a consciência limpa que meu trabalho está feito. "A PERA LÁ, ENTÃO VOCÊ É DO TIPO QUE DEU O HORÁRIO VOCÊ JÁ LARGA O MOUSE E TECLADO E VAI EMBORA, SEU FD...", não muito longe disso. O que quero dizer que hoje em dia eu não tento resolver problemas que não são meus, minha proatividade está dentro do meu do meu raio de visão, ajudo quem precisa sim se sou solicitado sem problema nenhum, mas não fico mais correndo atrás de "problemas" para resolver.

Entenda uma coisa, você sera julgado pelas suas falhas e erros independente de quantas vezes você fez certo é difícil essa conta ficar no zero. Quanto mais você fizer, mais você será cobrado e o pior, quando você está em um ritmo frenético e derrepente passa por um momento ruim ou tem um crise o que vão dizer é que "antes você era mais proativo, você dava mais o sangue".

E fora do trabalho a mesma coisa, percebi que não preciso estár vendo a série da moda, posso ver no meu ritmo no meu tempo livre, tenho me dedicado cada vez mais em ficar fora do computador, celular ou em frente de telas no geral. Voltei a praticar meu hobby de cozinhar, estou fazendo mais atividades ao ar livre, tenho estudado coiass porque eu quero, não porque eu preciso provar algo a alguém ou a um grupo.

Quanto baté aquele cansaço é complicado galera, burnout, crise de estress sejá la qual seja o nome é coisa séria e precisa ser tratada. Como? Não sei dizer, cada um tem maneiras diferentes de resolver problemas, no meu caso no ano de 2019 fiz terapia online e me ajudou muito, nesse momento eu estava passando por um bocado de estress, divórcio, morando sozinho longe da família do outro lado do mundo, empresa passando por um processo de aquisição que foi bem tenso. Mas superei e cada um pode superar isso de maneira diferente. So tomem cuidado com picaretas, eles estão em todas as pertes, vendedores de sonhos e ilusões, sabe aquele cara que olha para você e fala "Trabalhe enquanto eles dormem" e faz o seguinte, liga para ele 3 horas da manhã e fala "Trabalhe enquanto eles dormem" bem baixinho para ver ser o fd.. não tem um treco.

Apesar de eu estar em uma fase bem relax, achei legar expor isso aqui, talvez possa ajudar alguém que esteja passando por esse tipo de situação e aqui fica a mensagem.

VOCÊ NÃO PRECISA SER PRODUTIVO 100% DO TEMPO, cada um tem seu ritmo, cada um tem seu momento, não se esforce para fazer aquilo que está muito fora do seu alcance de um jeito maluco, de um passo de cada vez e você vai alcançar o seu objetivo, não existe mágica, o mundo está indo muito rápido mas temos que ir no nosso ritmo.

Grande abraço

ferbass
2020-07-03 23:36:57

Tags: random cansado